So JiSub revela as dificuldades de manter a carreira de ator

O ator sul-coreano So JiSub falou sobre as dificuldades de manter sua carreira de ator e sobre ter considerado desistir do seu trabalho, como faz o personagem que interpreta no filme de ação A Company Man (희사원).

Na coletiva de imprensa realizada em Seul nesta quarta-feira, 12 de setembro, o artista falou honestamente sobre o que é ser um ator.

Quando questionado se gostaria de largar seu trabalho como faz sua personagem no filme, ele respondeu: “Eu penso nisso o tempo todo, porque é muito doloroso antes e depois de gravar um filme. Atores têm muito o que fazer, e muito o que saber. Mas eles vivem uma vida solitária. Eu tenho que continuar atuando porque eu amo fazer isso, mas às vezes eu acho que quero escapar disto.

Porém, ele não hesitou de forma alguma em demonstrar afeto por seu novo projeto.

Levei somente cinco horas após ter lido o roteiro para decidir aceitar o papel. E este foi o período mais breve que levei em toda a minha carreira de ator. Eu gostei da temática incomum porque ela não retrata a imagem de assassino de uma forma muito sombria ou muito glamurizada. Os personagens da história trabalham como homens de negócios normais e é disso que eu gosto“, explicou o ator com confiança.

No longa-metragem, So JiSub interpreta Ji HyungDo, matador que passa dez anos com um grupo de assassinos mercenários que se disfarçam como empregados de uma metalúrgica.

HyungDo decide deixar seu trabalho depois de ser influenciado pelo colega LaHoon (interpretado por Kim DongJun, integrante do grupo ZE:A) a ter uma vida normal com sua família . A companhia, porém, não aceita seu pedido de demissão.

O filme, co-estrelado pelos veteranos Kwak DoWon, Lee GyeongYeong e pela atríz Lee MiYeon, tem estreia prevista para 18 de outubro na Coreia do Sul.

Fonte: 10Asia
Tradução/Adaptação: Lílian Fernandes @ sarangingayo.com.br
Por favor, não retirar do SarangInGayo sem os devidos créditos.